Na Câmara, Felipe Maia afirma ser uma “triste realidade” RN registrar aumento de mil homicídios em 2018

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

No Ministério da Saúde, Bancada potiguar solicita liberação recursos para Instituto de Medicina Tropical e Núcleo Genômica da UFRN

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 09 Julho 2018 19:54

Na Câmara, Felipe Maia afirma ser uma “triste realidade” RN registrar aumento de mil homicídios em 2018

Em discurso na Câmara dos Deputados, no dia 26 de junho, o deputado federal Felipe Maia (DEM) destacou que o Rio Grande do Norte, atingiu a marca de mil homicídios no último sábado (23), dando uma média de 6 crimes por dia, segundo levantamento realizado pelo Observatório da Violência (OBVIO). Para o parlamentar, a situação tem causado mudança no dia a dia da população.

“Uma triste realidade! Os números mostram uma situação evidenciada pelos potiguares que voltaram a ter suas rotinas alteradas em decorrência da falta de uma política efetiva de segurança pública no estado”, enfatizou. 

De acordo com a pesquisa, de 1º de janeiro a 23 de junho, o aumento foi de 45,8% no número de assassinatos, se comparar 2018 com 2015, quando o estado registrou 686 homicídios.

“Em 2015, o estado registrou uma morte de policial militar e neste ano já foram 16 agentes de segurança pública que assassinados, vítimas da violência e insegurança que assombra a vida do potiguar. Não podemos mais permitir que tantas vidas sejam perdidas e que a população continue refém da crise na segurança pública. Somos o terceiro estado com a maior taxa de letalidade, durante o período de 2006 a 2016, ficando atrás apenas de Sergipe e Alagoas, tendo registrado aumento de 256,9%”, alertou Felipe Maia.