Na Câmara, Felipe Maia afirma ser uma “triste realidade” RN registrar aumento de mil homicídios em 2018

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

No Ministério da Saúde, Bancada potiguar solicita liberação recursos para Instituto de Medicina Tropical e Núcleo Genômica da UFRN

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 12 Março 2018 18:20

Bancada federal do RN cobra de Ministro das Relações Exteriores continuidade da medida antidumping do sal

Na terça-feira, dia 20 de fevereiro, em audiência com o Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, em Brasília, a bancada federal do Rio Grande do Norte e representantes da indústria salineira potiguar discutiram a medida antidumping do sal. Segundo o coordenador da bancada do estado, deputado federal Felipe Maia (DEM), as medidas antidumping buscam corrigir distorções decorrentes de práticas desleais.

“São mais de 15 mil empregos diretos na indústria salineira, o objetivo desse encontro é impedir que a medida seja suspensa, pois a consequência seria uma perda irrecuperável para a economia do país, principalmente para o setor salineiro potiguar, que é o maior produtor de sal”, explicou o parlamentar.

De acordo com o Ministro Aloysio Nunes a questão é sensível e será analisada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) com celeridade.

"O sal é um produto importante para a economia brasileira. Sabemos da preocupação da bancada com relação aos possíveis desempregos e os impactos econômicos com a suspensão da medida. Vamos tratar essa questão com celeridade máxima junto a Camex", enfatizou o Ministro.

No encontro estavam presentes os deputados federais Felipe Maia (DEM), Beto Rosado (PP), Rafael Motta (PSB) e Zenaide Maia (PR), a senadora Fátima Bezerra (PT), o Presidente do Sindicato da Indústria de Moagem e Refino do sal do RN (Simorsal), Renato Fernandes, o Presidente do Sindicato da Indústria de Sal (Siesal), Airton Torres, o Diretor Executivo e a Advogada da Salinas do Nordeste S.A (Salinor) Rafael Mandarino e Marília Castañon.