Em discurso, Deputado Felipe Maia afirma que RN possui mais de R$ 36,5 Milhões para obra de cisternas 

Image is not available

Em Brasília, bancada potiguar e reitores de universidades federais do RN solicitam a liberação de recursos financeiros para Ministro da Educação 

Image is not available

Na Câmara, Deputado Felipe Maia protocola urgência para suspensão de portaria que limita seguro-defeso 

Image is not available

Bancada do RN cobra de Presidente do Incra, titularização e aplicacão de recursos em Projeto de Assentamento Garavelo 

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 12 Março 2018 18:20

Bancada federal do RN cobra de Ministro das Relações Exteriores continuidade da medida antidumping do sal

Na terça-feira, dia 20 de fevereiro, em audiência com o Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, em Brasília, a bancada federal do Rio Grande do Norte e representantes da indústria salineira potiguar discutiram a medida antidumping do sal. Segundo o coordenador da bancada do estado, deputado federal Felipe Maia (DEM), as medidas antidumping buscam corrigir distorções decorrentes de práticas desleais.

“São mais de 15 mil empregos diretos na indústria salineira, o objetivo desse encontro é impedir que a medida seja suspensa, pois a consequência seria uma perda irrecuperável para a economia do país, principalmente para o setor salineiro potiguar, que é o maior produtor de sal”, explicou o parlamentar.

De acordo com o Ministro Aloysio Nunes a questão é sensível e será analisada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) com celeridade.

"O sal é um produto importante para a economia brasileira. Sabemos da preocupação da bancada com relação aos possíveis desempregos e os impactos econômicos com a suspensão da medida. Vamos tratar essa questão com celeridade máxima junto a Camex", enfatizou o Ministro.

No encontro estavam presentes os deputados federais Felipe Maia (DEM), Beto Rosado (PP), Rafael Motta (PSB) e Zenaide Maia (PR), a senadora Fátima Bezerra (PT), o Presidente do Sindicato da Indústria de Moagem e Refino do sal do RN (Simorsal), Renato Fernandes, o Presidente do Sindicato da Indústria de Sal (Siesal), Airton Torres, o Diretor Executivo e a Advogada da Salinas do Nordeste S.A (Salinor) Rafael Mandarino e Marília Castañon.