Na Câmara, Felipe Maia afirma ser uma “triste realidade” RN registrar aumento de mil homicídios em 2018

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

Em audiência com Presidente da Caixa Econômica, bancada do RN discute prejuízos de cancelamento de convênio com Neoenergia

Image is not available

No Ministério da Saúde, Bancada potiguar solicita liberação recursos para Instituto de Medicina Tropical e Núcleo Genômica da UFRN

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 19 Fevereiro 2018 23:18

Na Câmara, Deputado Felipe Maia cobra de Temer liberação de R$2 bi aos municípios brasileiros

Em discurso na tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (6), o deputado federal Felipe Maia (DEM) cobrou do Presidente da República, Michel Temer, a liberação do repasse de R$2bi prometidos aos prefeitos no final do ano passado, para que fossem quitadas as dívidas dos municípios. No fim de dezembro, o governo editou uma Medida Provisória para liberar o montante para as prefeituras que recebem recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e estão com dificuldades financeiras emergenciais.

“Em nome dos 167 municípios do Rio Grande do Norte quero pedir ao Presidente Temer a liberação desses recursos tão importante para os municípios potiguares. A suspensão do repasse frustrou o desejo, a expectativa e o compromisso assumido pelo Governo Federal com os prefeitos de todo o Brasil. Peço ao Executivo que reúna a sua equipe econômica para viabilizar um ato legislativo para que os municípios consigam quitar as suas dívidas”, enfatizou o parlamentar.

Pela MP, a verba seria transferida aos entes no exercício de 2018 e deveria ser aplicada preferencialmente nas áreas de saúde e educação. Em janeiro, o Presidente Temer prometeu, que ontem (5) seria enviada uma medida – via projeto de lei (PL) – ao Congresso Nacional, prevendo esse repasse, o que não ocorreu.

“Só no Rio Grande do Norte estavam previstos o recebimento de R$ 49,5 milhões. Precisamos fazer com que esses recursos cheguem com urgência nos cofres municipais para amenizar a crise financeira enfrentada pelas prefeituras”, afirmou o deputado Felipe Maia.