Câmara aprova o relatório de deputado Felipe Maia que prorroga não incidência do adicional de frete da marinha mercante para Norte e Nordeste

Image is not available

Em discurso, Felipe Maia ressalta importância da MP que garante o parcelamento de débitos dos municípios 

Image is not available

Felipe Maia comemora queda da inflação e elogia números positivos na economia desde gestão de Temer

Image is not available

Felipe Maia sugere a ministro dos Esportes a implantação de ensino de tempo integral em parques olímpicos e cobra apoio a atletas

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 15 Maio 2017 18:45

Felipe Maia comemora queda da inflação e elogia números positivos na economia desde gestão de Temer

Na quinta-feira (11), o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN) fez um discurso no Plenário da Câmara dos Deputados comemorando os números positivos na economia brasileira, divulgados esta semana, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), conquistados desde o início da gestão do Presidente Michel Temer. De acordo com o parlamentar, a inflação dos últimos 12 meses atingiu o menor nível em dez anos.
 
“O IPCA que estava em 9,28% em abril de 2016, no mesmo período deste ano ficou em 4,08%, por sinal, bem abaixo dos 4,57% apurados em março. Ou seja, essa é a menor taxa desde julho de 2007, quando estava em 3,74%. Com isso, a inflação ficou abaixo da meta definida pelo Banco Central para o ano, de 4,5%. Esse é um reflexo da competência da gestão do governo Temer na boa condução da economia brasileira”, elogiou Felipe Maia.
 
Para o deputado, a expectativa é que esses números sejam ainda mais satisfatórios e os brasileiros sintam ainda mais no bolso essa melhora.
 
“Estamos confiantes que teremos boas notícias para a população brasileira. Embora ainda seja um momento de recessão, só que bem diferente do nível de inflação registrado na gestão anterior, de grande desequilíbrio econômico, a nossa expectativa é essa situação melhore cada dia mais e os brasileiros possam adiqi produtos com mais tranquilidade. A taxa básica de juros, por exemplo, que é aquela que embasa os valores dos produtos que adquirimos, em abril do ano passado [ no governo do PT] estava em 14,25%, hoje está em 11,25%. Essa redução de juros evidencia, claramente, uma recuperação da atividade econômica do país”, afirmou o parlamentar.