Parlamentares potiguares pedem sensibilidade de Ministro de Minas e Energia na regulamentação da Agência Nacional de Mineração 

Image is not available

Parlamentares pedem apoio a Ministros do Transporte e da Secretaria de Governo para evitar suspensão de medida antidumping do sal

Image is not available

Bancada federal solicita apoio de Ministro Moreira Franco para impedir que medida antidumping do sal seja suspensa

Image is not available

Bancada federal cobra de Secretário Executivo do MDS a não exclusão do RN em Convênio de implantação de cisternas no semiárido

Image is not available
Arrow
Arrow
Slider
Segunda, 15 Maio 2017 18:43

Felipe Maia sugere a ministro dos Esportes a implantação de ensino de tempo integral em parques olímpicos e cobra apoio a atletas

Nesta quarta-feira (10), o deputado federal Felipe Maia (DEM/RN) se reuniu com a bancada do Democratas e o Ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, no Senado Federal, para discutirem as políticas públicas do país. Na oportunidade, o parlamentar sugeriu que fossem utilizadas em estruturas, como os parques construídos para sediar os jogos olímpicos de 2016, os espaços para a execução de atividades de ensino de tempo integral, para que alunos de ensino fundamental e médio tenham a possibilidade de se dedicarem a atividades extracurriculares.
 
"A exemplo do estado do Rio de Janeiro, que possui uma grande estrutura no Parque Olímpico e pode transformá-la em um centro de ensino complementar. Sugeri que a ideia fosse ampliada aos demais estados, fazendo com que fossem feitos convênios com as prefeituras nos estados, para serem implantadas escolas de ensino de tempo integral. A medida seria uma boa oportunidade para os estudantes se dedicarem a atividades extracurriculares, como aulas de violão, de dança e de modalidades esportivas, para quem sabe encontrarmos novos talentos olímpicos”, disse Felipe Maia.
 
O parlamentar destacou ainda que esse tipo de formato de ensino, traz uma série de benefícios aos estudantes.
 
“Estudos comprovam que há uma melhora significativa no rendimento escolar e na convivência familiar, mais aproveitamento do tempo ocioso, mais suprimento das necessidades de praticar esportivas, entre outras vantagens. Sem dúvidas, se conseguíssemos implantar esse modelo de ensino em todo o país, os jovens teriam vivências mais ricas e um período maior de aprendizado diversificado”, afirmou.
 
Durante o encontro, Felipe Maia questionou também o apoio aos atletas de alta performance, principalmente, os medalhistas olímpicos brasileiros.
 
"Temos que investir nos nossos atletas, que se dedicam todos os dias para nos representarem mundialmente. Não podemos deixá-los sem patrocínios e sem incentivos para continuarem a se empenhar nas competições”, concluiu o deputado.